Resultados: 29

Cuidado intersetorial em saúde mental na infância e adolescência: para além da instituição saúde

Objetivo: discutir as vivências dos profissionais no cuidado em rede intersetorial voltado à criança e adolescente e suas articulações/trabalho no território. Método: pesquisa qualitativa, exploratório-descritivo, desenvolvida com 26 trabalhadores da rede intersetorial, em um município do Rio Gr...

A alta dos usuários no centro de atenção psicossocial

J. nurs. health; 9 (3), 2019
Objetivo: caracterizar a alta dos usuários no Centro de Atenção Psicossocial. Método: estudo documental com abordagem quantitativa com dados do livro de registro de alta dos usuários, de 2006 a 2016. Foram analisadas as variáveis sexo, motivo de alta e diagnóstico. Resultados: a amostra constituiu...

Educação permanente no processo de trabalho em saúde mental

J. nurs. health; 9 (2), 2019
Objetivo: reafirmar o potencial da Educação Permanente como constitutiva e qualificadora do processo de trabalho em saúde mental. Métodos: trata-se de um recorte da Pesquisa de Avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial da Região Sul do Brasil, através de observações de campo, entrevistas ...

Apoio material, família e cuidado as pessoas que utilizam crack

Objetivo: Caracterizar o apoio material recebido por familiares no cuidado as pessoas que utilizam crack. Método: Estudo qualitativo, do tipo estudo de caso, realizado com três familiares, entre os meses de outubro à novembro de 2013 em uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre/RS. Resultado...

Fatores associados à sobrecarga em familiares cuidadores de pessoas com transtorno mental: revisão integrativa

Objetivo: identificar os fatores associados à sobrecarga familiar em estudos que utilizam a escala FBIS, FBISBR. Método: trata-se de revisão sistemática com a questão norteadora “quais são os fatores associados à sobrecarga familiar em estudos que utilizam a escala FBIS, FBIS-BR?”, publicados ...

Impactos da ação educativa nos indicadores de saúde: potencialidade e fragilidades

Objetivo: discutir as potencialidades e fragilidades identificadas por enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família no desenvolvimento de ações de educação em saúde e o impacto nos indicadores de saúde. Método: estudo qualitativo, descritivo, exploratório, com enfermeiros de uma Unidade de Sa...

Avaliação da estrutura física e de recursos humanos de um serviço de emergência psiquiátrica

Texto & contexto enferm; 26 (4), 2017
RESUMO Objetivo: identificar a percepção de profissionais, usuários e familiares sobre a estrutura do serviço de emergência psiquiátrica de um hospital geral. Método: estudo realizado por meio da Avaliação de Quarta Geração, com 30 respondentes (15 profissionais, nove usuários e seis famili...

Atenção psicossocial infantojuvenil: interfaces com a rede de saúde pelo sistema de referência e contrarreferência

Texto & contexto enferm; 26 (3), 2017
RESUMO Objetivo: descrever as características da articulação entre os serviços que compõem a rede de saúde mental infantojuvenil, através do sistema de referência e contrarreferência. Método: estudo descritivo desenvolvido em 25 serviços, a partir de informações obtidas em questionários a...

Rede de cuidado em saúde mental: visão dos coordenadores da estratégia saúde da família

Rev. gaúch. enferm; 38 (1), 2017
RESUMO Objetivo Objetivou-se analisar a visão de coordenadores da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre a conformação da rede de saúde mental no município de Pelotas/RS. Método Estudo descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa, realizado com seis coordenadores de ESF no ano de 2...