Resultados: 24

O enfermeiro e o exercício da advocacia do paciente: reflexão teórica

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
RESUMO OBJETIVO: o presente estudo buscou tecer reflexão acerca da atuação do enfermeiro no exercício da advocacia ao paciente frente à atual conjuntura de serviços de saúde no Brasil. Para o profissional de Enfermagem a advocacia em saúde ainda está sendo acrescida como função, a fim de prom...

Processo de morte encefálica: significado para enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva

Rev. baiana enferm; 33 (), 2019
Objetivo: compreender como os enfermeiros significam o cuidado prestado ao paciente no processo de morte encefálica em uma Unidade de Terapia Intensiva. Método: pesquisa qualitativa com aporte teórico-metodológico na Teoria Fundamentada nos Dados. A coleta de dados foi realizada em uma Unidade de Ter...

Características de acidentes por transporte terrestre atendidos em hospitais públicos

Cogitare enferm; 23 (2), 2018
RESUMO Objetivo: caracterizar os acidentes por transporte terrestre atendidos em hospitais públicos de referência no Estado de Santa Catarina. Método: pesquisa descritiva e quantitativa. Os dadosdos acidentes foram coletados, de julho a setembro de 2015, mediante formulário estruturado. Constituír...

As relações da enfermagem na unidade de terapia intensiva no olhar de Paterson e Zderad

Rev. enferm. UERJ; 24 (2), 2016
Objetivo: analisar as relações dos profissionais de enfermagem com os pacientes e familiares de uma unidade de terapia intensiva à luz das concepções de Paterson e Zderad. Método: estudo descritivo, abordagem qualitativa, tendo como técnica de coleta de dados a entrevista semiestruturada realizada...

Classificação de risco em unidade de pronto atendimento: discursos dos enfermeiros

Rev. enferm. UERJ; 25 (), 2017
Objetivo: conhecer a percepção dos enfermeiros de uma unidade de pronto atendimento acerca da classificação de risco. Método: estudo qualitativo, descritivo, realizado com nove enfermeiros de uma unidade de pronto atendimento de Florianópolis, por meio de entrevista semiestruturada, no período de ...

Fatores preditores de óbito em Unidade de Terapia Intensiva: contribuição para a abordagem paliativista

Rev. Esc. Enferm. USP; 52 (), 2018
RESUMO Objetivo Identificar preditores de óbito na Unidade de Terapia Intensiva e relacionar pacientes elegíveis para cuidados paliativos preferenciais. Método Coorte prospectivo que avaliou pacientes internados por mais de 24 horas, subdivididos em G1 (pacientes que morreram) e G2 (pacientes com ...

Concordância de um protocolo institucional de avaliação com classificação de risco

Texto & contexto enferm; 27 (1), 2018
RESUMO Objetivo: avaliar a concordância entre os enfermeiros na aplicação de um protocolo institucional de avaliação com classificação de risco em uma unidade de emergência hospitalar. Método: estudo quantitativo de abordagem transversal e retrospectivo, realizado na unidade de emergência adu...

Segurança do paciente em unidade de terapia intensiva de acordo com a teoria de wanda horta

Cogitare enferm; 22 (3), 2017
Este artigo objetivou refletir sobre a segurança do paciente em Unidade de Terapia Intensiva associada à Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta, realizado em dezembro de 2015. Utilizou-se para o estudo a Cartilha dos 10 Passos para a Segurança do Paciente e as...

Validation of an instrument regarding nursing intervention in patients in vasoactive therapy

Rev. bras. enferm; 70 (3), 2017
ABSTRACT Objective: to validate the content of a Standard Operational Procedure, regarding nursing interventions in emergency patients treated with vasoactive drugs. Method: methodological study, carried out from December 2015 to January 2016. Content validity was determined by 16 experts (13 nurses, 2...