Resultados: 4

Consulta ginecológica e a relação profissional-cliente: perspectiva de usuárias

Rev. enferm. UERJ; 24 (4), 2016
Objetivo: descrever a perspectiva de mulheres sobre a consulta ginecológica a partir da relação profissional-cliente. Método: estudo descritivo, qualitativo, realizado em um campus universitário no Rio de Janeiro, entre julho e setembro/2014. Foram entrevistadas 11 mulheres que frequentam esse campu...

Tecnologias não-invasivas de cuidado de enfermagem obstétrica: repercussões sobre a vitalidade do recém-nascido

Rev. enferm. UERJ; 25 (), 2017
Objetivo: comparar a associação entre os índices de Apgar dos neonatos cujas mães fizeram uso apenas de tecnologias não-invasivas de cuidado de enfermagem obstétrica durante o trabalho de parto com os daqueles cujas mães receberam a assistência tradicional. Método: estudo transversal, retrospect...

Procedimentos invasivos no cuidado à parturiente sob a perspectiva de gênero

Rev. enferm. UERJ; 24 (6), 2016
Objetivo: refletir sobre o uso de procedimentos obstétricos invasivos e dolorosos sob a perspectiva de gênero na saúde da mulher. Método: trata-se de reflexão desenvolvida a partir de estudos sobre a dor do parto, encontrados nas bases: LILACS, MEDLINE e SciELO. A busca compreendeu o período de 20...

Caring for women with HIV/AIDS: an interactionist analysis from the perspective of female healthcare professionals

Rev. gaúch. enferm; 35 (2), 2014
The aim of this study was to know the meanings attributed by female health professionals to the process of caring for women with HIV, considering their vulnerability in the context of feminization of HIV/AIDS. It is a qualitative study based on the grounded theory method and symbolic interactionism, cond...