Resultados: 10

(In)congruência na assistência às mulheres em situação de abortamento: o que dizem os acadêmicos sobre seus processos formativos

REME rev. min. enferm; 24 (), 2020
O abortamento está entre as principais causas de morte materna e se configura como um problema de saúde pública. Na assistência às mulheres nessa situação, nota-se despreparo dos profissionais de saúde, o que interfere na qualidade da assistência ao abortamento, com prejuízos para a mulher e pa...

Autonomia da mulher no trabalho de parto: contribuições de um grupo de gestantes

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
OBJETIVO: identificar de que modo o grupo de gestantes tem contribuído para o fortalecimento da autonomia da mulher durante o trabalho de parto e nascimento. MÉTODO: trata-se de pesquisa documental com enfoque qualitativo. Os documentos utilizados para subsidiar este estudo fazem parte do banco de dado...

Assistência prestada às mulheres que foram submetidas à cesariana por parada de progressão

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
OBJETIVO: conhecer a percepção das mulheres submetidas à cesariana por parada de progressão do trabalho de parto sobre a assistência prestada em um hospital universitário do sul do Brasil. MÉTODO: qualitativo-descritivo, por meio de entrevistas semiestruturadas com 13 puérperas que realizaram ces...

Trabalho de parto e o parto: compreensão de mulheres e desvelamento da solicitude como possibilidade assistencial

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
INTRODUÇÃO: a implementação das boas práticas no trabalho de parto e parto é uma ação potente para proporcionar mais conforto e oferecer autonomia à mulher durante esse evento. Os profissionais de saúde desempenham papel primordial, pois é preciso que desde o pré-natal a gestante seja orienta...

Protocolo de boas práticas obstétricas para os cuidados de enfermagem no processo de parturição

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
OBJETIVO: construir com os profissionais de Enfermagem protocolo assistencial para nortear os cuidados de Enfermagem no processo de parturição, embasando-se nas boas práticas de atenção ao parto e ao nascimento. MÉTODO: estudo com abordagem qualitativa baseado na pesquisa convergente assistencial e...

Perfil dos participantes de um curso de aprimoramento em enfermagem obstétrica

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
OBJETIVOS: analisar o perfil dos participantes do Curso de Aprimoramento para Enfermagem Obstétrica (EO). MÉTODOS: estudo transversal, conduzido com participantes do Curso de Aprimoramento para EO dos anos de 2014 a 2016. As variáveis incluídas neste estudo referem-se às características sociodemog...

Efeitos da auriculoterapia no tempo de trabalho de parto e taxa de cesárea: ensaio clínico randomizado

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
OBJETIVO: avaliar os efeitos da auriculoterapia sobre o tempo de trabalho de parto e taxa de cesárea. MÉTODO: trata-se de um ensaio clínico controlado e randomizado, paralelo e triplo-cego. Foram selecionadas 102 parturientes com idade gestacional ≥ 37 semanas, dilatação cervical ≥ 4 cm e duas o...

Preparo de acadêmicos de enfermagem para o cuidado a adolescentes grávidas

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Objetivo: identificar a percepção de acadêmicos de enfermagem sobre o seu preparo no âmbito de graduação para o cuidado a adolescentes grávidas. Método: pesquisa qualitativa, descritiva, do tipo estudo de caso, que teve como cenário um curso de graduação em Enfermagem do estado do Rio de Janei...

Percepções das enfermeiras obstetras sobre sua formação na modalidade de residência e prática profissional

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Este estudo objetivou descrever as percepções das enfermeiras obstetras sobre a formação na modalidade de residência e suas interfaces com a prática profissional. Trata-se de pesquisa qualitativa, que entrevistou 25 enfermeiras obstetras qualificadas em curso de especialização na modalidade de re...

Conhecimento das puérperas com relação aos métodos não farmacológicos de alívio da dor do parto

REME rev. min. enferm; 19 (3), 2015
O uso dos métodos não farmacológicos para o alívio da dor da parturiente aumenta a tolerância à dor, possibilitando benefícios para a maioria das mulheres e participação no processo parturitivo. Essas práticas têm a finalidade de tornar o parto o mais natural possível, diminuindo as interven...