Resultados: 10

Relacionamentos familiares de pessoas com transtornos mentais: processos de exclusão e inclusão social

Rev. enferm. UERJ; 27 (), 2019
Objetivos: identificar e analisar os processos de exclusão e inclusão social que acontecem na família da pessoa com transtorno mental. Método: utilizou-se a abordagem qualitativa como metodologia de pesquisa. Os sujeitos desta investigação foram 17 usuários de um Centro de Atenção Psicossocial, ...

Quotidiano conflituoso de famílias que vivenciam o uso de drogas

Rev Rene (Online); 20 (), 2019
Objetivo apreender o quotidiano conflituoso de famílias que vivenciam o uso de drogas. Métodos estudo qualitativo, realizado junto a 15 familiares, acompanhados em Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas em profundidade, gravadas e transcrit...

Crianças com incontinência urinária: impacto na convivência dos familiares

Objetivo: identificar fatores que impactam na convivência dos familiares de crianças com incontinência urinária. Método: estudo bibliográfico, descritivo, tipo revisão integrativa, com busca de artigos no mês de setembro de 2017, nas bases de dados LILACS, BDENF, MEDLINE e CINAHL. Considerou-se o...

As forças familiares no contexto da dependência de substâncias psicoativas

Objective: To apprehend the perception of relatives of psychoactive substances dependents about their facilitating strengths to deal positively with the adversities from this context. Method: Qualitative and descriptive study developed between July/2016 and August/2017 at Psychosocial Care Center Alcoho...

Necessidades de cuidados de adolescentes usuários de drogas segundo seus familiares

Rev. enferm. UERJ; 24 (3), 2016
Objetivo: compreender a necessidade de cuidado expressa por familiares do adolescente usuário de álcool e substâncias psicoativas. Método: pesquisa descritiva de abordagem qualitativa realizada com seis familiares de adolescentes usuários de álcool e outras drogas e que foram hospitalizados para tr...

Significando a transicionalidade da sexualidade do cônjuge-cuidador da pessoa idosa em processo demencial para um cuidado terapêutico de enfermagem

A sexualidade compreende muitas dimensões da vida dos indivíduos. Ao longo da vida vai sendo revista, à medida que modificações biopsicossociais acontecem e, ao se pensar em relacionamentos conjugais de longa duração é preciso ponderar que estes casais já passaram por transformações na sua rel...

O uso de crack e outras drogas por crianças e adolescentes e suas repercussões no ambiente familiar

Objetivo: Compreender as repercussões do uso de drogas por um filho no ambiente familiar. Métodos: Trata-se de pesquisa qualitativa com abordagem fenomenológica, com 11 pais e responsáveis de crianças e adolescentes usuários de crack e outras drogas acompanhados em um centro de referência. As ent...

Impacto do uso de drogas nos relacionamentos familiares de dependentes químicos

Cogitare enferm; 19 (4), 2014
O objetivo desse trabalho foi identificar o impacto do uso de drogas nos relacionamentos familiares de dependentes químicos. Trata-se de pesquisa qualitativa exploratória, desenvolvida em uma unidade de reabilitação para dependentes químicos no estado do Paraná. Foram respeitados os princípios ét...

Transtorno mental na infância: configurações familiares e suas relações sociais

Objetivo: Este estudo teve como objetivo conhecer a rede social e o apoio social na perspectiva da família de criança com transtorno mental. Métodos: Foi uma pesquisa descritiva-exploratória de abordagem qualitativa, com 14 familiares de crianças com transtornos mentais atendidas no CAPS-i de Maring...

Oficinas terapêuticas como instrumento de reabilitação psicossocial: percepção de familiares

As oficinas terapêuticas permitem a possibilidade de projeção de conflitos internos/externos por meio de atividades artísticas, com a valorização do potencial criativo, imaginativo e expressivo do usuário. Objetivou-se identificar a percepção dos familiares sobre as oficinas terapêuticas desenv...