Resultados: 32

Transição para os cuidados paliativos: ações facilitadoras para uma comunicação centrada no cliente oncológico

REME rev. min. enferm; 24 (), 2020
RESUMO Introdução: a relação interpessoal profissional-cliente se torna primordial na transição para os cuidados paliativos para que juntos possam melhorar a comunicação nesse momento e alinhar o cuidado aos desejos do cliente. Objetivo: analisar como o cliente oncológico avalia a comunicaçã...

81ª Semana Brasileira de Enfermagem e 1ª Semana Brasileira de Enfermagem em Tempos de Pandemia COVID-19

Iniciamos esse editorial dirigindo-nos aos profissionais de enfermagem que hoje já não estão entre nós. Foram calados pela pandemia, sobretudo pela falta de recursos, de proteção, pela indiferença. Justamente quando a Organização Mundial da Saúde declara 2020 como o Ano Internacional da Enferma...

Autoimagem e resiliência de pacientes oncológicos

Objetivo: resiliência dos pacientes com diagnóstico de câncer diante da mudança da autoimagem corporal. Método: pesquisa exploratória com abordagem quanti-qualitativo, o cenário de pesquisa foi um Hospital de Grande porte, com participantes em idade adulta. O instrumento de coleta de dados conteve...

Cuidados paliativos e sua relação com os diagnósticos de enfermagem das taxonomias NANDA-I e NIC

Objetivo: identificar quais diagnósticos de enfermagem da taxonomia da North American Nursing Diagnosis Association Internacional (NANDA-I) descritos ou indicados nas produções científicas possuem relação com os pacientes em cuidados paliativos e quais são as intervenções de enfermagem mais adeq...

Complicações do cateter port a cath: subsídios para os cuidados de enfermagem

Rev. Enferm. Atual In Derme; 87 (Edição Especial), 2019
O Sistema Único de Saúde deve estar orientado e capacitado para a atenção integral à saúde do paciente oncológico. Sendo assim, houve o despertar em apreender as complicações clínicas que levavam à retirada do cateter port a cath. Traçamos como objetivos: descrever as complicações que levam...

A permanência da família no centro de terapia intensiva pediátrica oncológica: percepção da enfermagem

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
Objetivo: identificar a percepção da equipe de Enfermagem a respeito dos limites e possibilidades da presença do familiar no cuidado à criança em centro de terapia intensiva pediátrica oncológica. Método: estudo qualitativo, do tipo estudo de caso, realizado entre setembro e novembro de 2014, com...

Utilização das luvas na prática de enfermagem e suas implicações: estudo metodológico

Este artigo originou-se da segunda categoria que emergiu na Dissertação de Mestrado Profissional intitulada “Tecnologia educacional como estratégia para o uso de luvas pelos profissionais de Enfermagem visando a precaução de contato”,apresentada à banca examinadora da Escola de E...

O itinerário terapêutico do paciente em tratamento oncológico: implicações para a prática de enfermagem

Ciênc. cuid. saúde; 15 (2), 2016
RESUMO A trajetória do cliente oncológico ainda é permeada por percalços que interferem em seu prognóstico e qualidade de vida. Assim, este estudo visa a mapear o itinerário do paciente oncológico desde o diagnóstico até o tratamento e analisar suas implicações nas ações de enfermagem para o...

Formação dos enfermeiros para o cuidado em oncologia

Objetivo: Analisar os aspectos relacionados à formação dos enfermeiros residentes, às dificuldades e facilidades para o cuidado em oncologia. Método: estudo quantitativo tendo, como participantes, pósgraduandos na modalidade residência de Enfermagem da EEAP/UNIRIO. A coleta de dados foi realizada ...

A resiliência do enfermeiro de clínica médica e cirúrgica em seu cuidado cotidiano

Objetivos: mapear a condição de resiliência dos enfermeiros que atuam nas clínicas médicas e cirúrgicas do Hospital Federal da Lagoa no cuidado cotidiano e discutir as condições de resiliência dos enfermeiros. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com a produção de dados a part...