Resultados: 50

Tradução e adaptação transcultural do instrumento Edmonton Symptom Assessment System para uso em cuidados paliativos

Rev. gaúch. enferm; 34 (2), 2013
O objetivo do estudo foi realizar a tradução e adaptação transcultural, para o português do Brasil, do instrumento Edmonton Symptom Assessment System (ESAS-r). O ESAS-r é uma versão revisada da ESAS, que avalia nove sintomas em pacientes paliativos. Trata-se de um estudo metodológico que utilizou...

Em defesa da sociedade: a invenção dos cuidados paliativos e os dispositivos de segurança

Texto & contexto enferm; 22 (2), 2013
O artigo propõe pensar o corpo de conhecimentos dos cuidados paliativos como uma invenção, que funcionaria como uma das táticas inseridas em uma estratégia biopolítica constituída para defender a sociedade. Para articular tal discussão, utilizamos o manual de cuidados paliativos, publicado no ano...

Pain and the dying process: nurses perspectives using the creative and sensible method

Aim: to describe the possibilities of nursing care for the terminally ill oncology patient from the perspective of the nursing team. Method: This is a descriptive, exploratory study, using a qualitative approach. To gather the data, we used the creative and sensible method, through a group dynamic called...

A formação do enfermeiro frente às necessidades emergentes da terminalidade do indivíduo

Rev. enferm. UFSM; 1 (1), 2011
Este artigo pretende realizar uma reflexão sobre a formação do enfermeiro, com vistas às necessidades decorrentes do enfrentamento da finitude humana. Essa discussão faz-se relevante, frente às necessidades que emergem com o processo de morte e morrer do paciente terminal. Para contemplar esta tem...

Internação domiciliar e internação hospitalar: semelhanças e diferenças no olhar do cuidador familiar

Texto & contexto enferm; 21 (3), 2012
O objetivo deste estudo foi descrever como o cuidador familiar constrói as representações sociais da internação domiciliar na terminalidade, em relação à internação hospitalar. Tratou-se de um estudo qualitativo com 11 cuidadores familiares de doentes terminais, cadastrados no serviço de inter...

Em defesa da sociedade: a invenção dos cuidados paliativos e a produção de subjetividades

Rev. Esc. Enferm. USP; 46 (2), 2012
O artigo é uma reflexão teórica que faz parte de um estudo denominado Em Defesa da Sociedade: a invenção dos Cuidados Paliativos. Para articular tal discussão, utilizamos o manual de Cuidados Paliativos, publicado no ano de 2007 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), entendendo-o como parte de...

Biopolítica e doação de órgãos: estratégias e táticas da mídia no Brasil

Texto & contexto enferm; 20 (4), 2011
Tem como objetivo analisar as estratégias e as táticas que a mídia veicula para constituir sujeitos doadores de órgãos. O corpus de análise foi um jornal de grande circulação nacional, que é considerado o mais influente do Brasil. Estudo de natureza qualitativa, com abordagem exploratória, fili...