Resultados: 72

Therapeutic intervention scoring system-28 (TISS-28): diretrizes para aplicação

Rev. Esc. Enferm. USP; 39 (2), 2005
O Therapeutic Intervention Scoring System-28 (TISS-28) é um instrumento que permite dimensionar carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva e estimar gravidade da doença. Apresenta-se nesta publicação as definições operacionais para sua aplicação, proposta por um grupo de espe...

Caracterização de cuidadores de vítimas de trauma crânio-encefálico em seguimento ambulatorial

Rev. Esc. Enferm. USP; 39 (3), 2005
O presente estudo caracterizou o cuidador familiar principal de 50 vítimas de trauma crânio-encefálico em seguimento ambulatorial, em um centro para atendimento de trauma na cidade de São Paulo, por meio de entrevista e análise de prontuário. Os resultados revelaram que os cuidadores tinham idade m...

"Galveston Orientation and Amnesia Test": tradução e validação

Acta paul. enferm; 20 (1), 2007
OBJETIVO: Traduzir e validar o Galveston Orientation and Amnesia Test para uso em nosso meio. MÉTODOS: Esse teste foi traduzido para o português e retro-traduzido para o inglês por diferentes especialistas na língua e por fim, feita a avaliação da equivalência entre o instrumento original e a vers...

Retorno à atividade produtiva de motociclistas vítimas de acidentes de trânsito

Acta paul. enferm; 19 (3), 2006
Objetivos: caracterizar os motociclistas internados no hospital e residentes no município de Maringá, segundo as atividades desenvolvidas no momento do acidente, ocupação anterior ao trauma e o retorno à produtividade entre nove meses e um ano após esse evento, além de identificar os fatores assoc...

Vítimas de trauma crânio-encefálico internadas em unidade de terapia intensiva e enfermaria de hospital de referência da Baixada Santista

Acta paul. enferm; 17 (2), 2004
Estudo retrospectivo que tem por objetivo caracterizar as vítimas de Trauma Crânio-Encefálico (TCE), internadas em um hospital de referência no atendimento de trauma na Baixada Santista e diferenciar as internadas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) das demais. Foram analisados, comparativamente, o...

Mudanças nos papéis sociais: uma conseqüência do trauma crânio-encefálico para o cuidador familiar

Rev. latinoam. enferm; 14 (2), 2006
O objetivo do estudo foi conhecer as mudanças nos papéis sociais do cuidador após o trauma crânio-encefálico (TCE), relacionando-as com o grau de importância desses papéis e com a condição da vítima seis meses ou mais após o TCE. Desenvolvido no Ambulatório de Trauma de Crânio do Hospital da...

Depressão: uma possível consequência adversa do trauma crânio-encefálico para o cuidador familiar

Acta paul. enferm; 18 (2), 2005
Estudo descritivo com abordagem quantitativa, desenvolvido no ambulatório do Trauma de Crânio com 50 cuidadores e 50 vítimas de Trauma Crânio-Encefálico, com o objetivo de verificar entre os cuidadores familiares a presença de sintomas depressivos e sua associação com o tempo decorrido do evento ...