Representações sociais de trabalhadores da atenção básica acerca do teste rápido
Social representations of basic care workers about the rapid test

REME rev. min. enferm; 23 (), 2019
Publication year: 2019

Objetivo:

apreender o conteúdo e a estrutura das representações sociais de profissionais de saúde sobre o teste rápido para detecção de infecções sexualmente transmissíveis em um município baiano.

Método:

pesquisa qualitativa fundamentada na teoria das representações sociais, em sua abordagem estrutural, realizado em 12 unidades básicas de saúde. Participaram 37 trabalhadores de saúde de nível superior. A coleta de dados foi realizada por meio de um roteiro que comportou questões relacionadas à caracterização profissional, acrescido da expressão indutora teste rápido. O corpus foi organizado e processado com auxílio do software Ensemble de programm espermettant lanalyse des evocations.

Resultados:

os possíveis elementos constituintes do núcleo central da representação desses trabalhadores, em ordem direta, foram representados pelo termo HIV e, em substituição, por medo, HIV, doenças e agilidade. Os sentidos atribuídos ao teste rápido, revelados no núcleo central, mostram discrepância – considerando a ordem direta e a substituição – entre as representações e, em certa medida, as caracterizam como representações distintas.(AU)

Objective:

to understand the content and structure of social representations for health professionals about the rapid test for the detection of sexually transmitted infections in a municipality in Bahia.

Method:

qualitative research based on the theory of social representations, in its structural approach, carried out in 12 basic health units. 37 higher-level health workers participated. Data collection was performed through a script that included questions related to the professional characterization, plus the inductive expression rapid test. The corpus was organized and processed with the help of the software Ensemble de Programm Espermettant Lanalyse des Evocations.

Results:

the possible constituent elements of the central core of the representation for these workers, in direct order, were represented by the term HIV and, instead, by fear, HIV, diseases and agility. The senses attributed to the fast test, disclosed in the central core, show discrepancy – considering the direct order and the substitution – among the representations and, in a certain measure, they characterize them as distinct representations.(AU)

Objetivo:

analizar el contenido y la estructura de las representaciones sociales de profesionales de salud sobre la prueba rápida para detectar infecciones de transmisión sexual en un municipio de Bahía.

Método:

investigación cualitativa basada en la teoría de las representaciones sociales, en su enfoque estructural, realizado en 12 unidades básicas de salud. Participaron 37 trabajadores de salud de nivel superior. La recogida de datos fue realizada por medio de un cuestionario con preguntas...(AU)