Conhecimento de acadêmicos de Enfermagem e Fisioterapia sobre higiene das mãos
Knowledge of nursing and physiotherapy students on hand hygiene

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Publication year: 2018

Objetivo:

analisar o conhecimento em relação à higienização das mãos (HM) na perspectiva de acadêmicos de Enfermagem e Fisioterapia de uma Universidade Privada.

Método:

estudo transversal, quantitativo, realizado em uma Universidade Privada do interior do estado do Rio Grande do Sul, com acadêmicos de Enfermagem e Fisioterapia. Utilizou-se como instrumento de coleta de dados o teste de conhecimento a respeito da HM para profissionais da saúde e questionário para identificar o perfil sociodemográfico. A inserção e análise descritiva dos dados foram realizadas pelo programa PASW Statistics®. Utilizou-se o teste qui-quadrado de Pearson para verificar a existência de associação entre as variáveis.

Resultados:

participaram 126 acadêmicos, prevaleceu o sexo feminino e idade de até 27 anos. Os participantes afirmaram ser as mãos o principal meio de transmissão de microrganismos patógenos. Acadêmicos de Fisioterapia, em sua maioria, desconhecem o tempo mínimo necessário para a preparação alcoólica ter efetividade. A totalidade dos participantes afirmou que é necessária a HM antes do contato com o paciente. Acadêmicos de Enfermagem demonstram conhecimento superior no que se refere à necessidade de HM após contato com superfícies próximas do paciente e superfícies que podem contaminar as mãos, demonstrando diferença estatisticamente significativa entre saberes.

Conclusão:

evidenciaram-se lacunas no conhecimento dos acadêmicos, com destaque para o que se refere aos cinco momentos da HM, o que realça a necessidade de que na formação acadêmica seja reforçada esta temática, com vistas à segurança do paciente.(AU)