Resultados: 4

Protocolo de intervenção individual baseado na terapia de reminiscência em idosos com perturbação neurocognitiva

Referência; serV (3), 2020
Enquadramento: A literatura sugere que a terapia de reminiscência (TR) é uma das terapias não-farmacológicas com melhores evidências na população idosa com perturbação neurocognitiva (PNC), permitindo estimular a neuroplasticidade e a reserva cognitiva, podendo ter um efeito protetor na pessoa c...

Eficácia da implantação do cuidado centrado na funcionalidade no declínio funcional: um estudo quase-experimental

Referência; serV (2), 2020
Enquadramento: O cuidado centrado na funcionalidade (CCF) demonstra resultados positivos na prevenção do declínio funcional (DF) das pessoas idosas hospitalizadas (PIH). Objetivo: Avaliar a eficácia da implementação do CCF em contexto hospitalar na promoção da funcionalidade pelos enfermeiros e n...

Avaliação da capacidade funcional e qualidade de vida do idoso no Brasil residente em comunidade

Referência; serIV (21), 2019
Enquadramento: A perda da capacidade funcional (CF) pelo idoso compromete a autonomia e interfere na qualidade de vida (QV). Objetivo: Avaliar a pontuação da CF e a QV dos idosos residentes em comunidade e verificar a influência da idade e sexo com a CF e QV. Metodologia: Pesquisa quantitativa, explor...

Efeitos de um programa de estimulação cognitiva em idosos institucionalizados

Referência; serIV (20), 2019
Enquadramento: A evidência sugere que a estimulação cognitiva nos idosos tem resultados positivos na cognição e na sintomatologia depressiva. Objetivo: Avaliar a eficácia de um programa de estimulação cognitiva na cognição e sintomatologia depressiva em idosos institucionalizados. Metodologia: ...