Resultados: 166

A magnitude da violência de gênero entre mulheres trabalhadoras de restaurantes universitários

Estudo exploratório e descritivo de abordagem quantitativa sobre a magnitude da violência de gênero contra as mulheres. Ancorado na Teoria da Intervenção Práxica de Enfermagem em Saúde Coletiva, usou como categorias de análise gênero e violência de gênero. Objetivou conhecer a magnitude do fen...

Mulheres em privação de liberdade: narrativas de des(assistência) obstétrica

REME rev. min. enferm; 24 (), 2020
RESUMO OBJETIVO: revelar narrativas de mulheres privadas de liberdade acerca da assistência obstétrica ofertada durante a vivência do ciclo gravídico-puerperal. MÉTODO: estudo exploratório, qualitativo, fundamentado na história oral. A coleta de dados foi realizada em uma instituição prisional...

Violência de gênero e necessidades em saúde: limites e possibilidades da estratégia saúde da família

Estudo exploratório, com abordagem qualitativa, que teve como objetivo geral compreender os limites e as possibilidades avaliativas no que tange ao reconhecimento e enfrentamento de necessidades em saúde de mulheres que vivenciam violência no espaço de concretização das práticas da Estratégia Sa...

Traumas em mulheres vítimas de violência: uma análise em Recife-PE

Nursing (Säo Paulo); 23 (269), 2020
Objetivo: Identificar os principais traumas em mulheres vítimas de violência física atendidas em um hospital público da cidade do Recife/PE. Métodos: Pesquisa descritiva, quantitativa e retrospectiva, desenvolvida em um hospital de Recife/PE no setor de Serviço de Arquivo Médico e E...

Violência praticada por parceiros íntimos a mulheres com depressão

REME rev. min. enferm; 24 (), 2020
RESUMO Objetivo: identificar violência praticada por parceiro íntimo a mulheres com depressão. Método: pesquisa qualitativa realizada de janeiro a abril de 2017 com 29 mulheres que apresentavam depressão e eram acompanhadas em um Centro de Atenção Integral à Saúde em João Pessoa, Paraíba. Os...

Práticas convencionais do parto e violência obstétrica sob a perspectiva de puérperas

Rev. baiana enferm; 34 (), 2020
Objetivo: compreender a experiência de puérperas com as práticas convencionais do parto e violência obstétrica. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, realizado com oito mulheres em unidades de Atenção Básica de um município da Bahia. A coleta de dados foi feita por meio de en...

Voce não enxerga nada: a experiência de mulheres vítimas de violência doméstica e a Lei Maria da Penha

Este estudo buscou compreender a experiência das mulheres em situação de violência doméstica e familiar. A partir da clarificação desta questão central, buscou-se contribuir para a divulgação de meios jurídicos e jurisdicionais, melhorar a assistência integral à  mulher vítima de violênci...

Violência institucional referida pelo acompanhante da parturiente em maternidades públicas

Resumo Objetivo Estimar a prevalência e os fatores associados à violência institucional contra a mulher durante o parto referida pelo acompanhante. Método Estudo transversal, realizado em três maternidades públicas da Região Metropolitana de Florianópolis, Santa Catarina, com 1.147 acompanhan...

Educação permanente na rede de atenção às mulheres em situação de violência

Referência; serV (2), 2020
Enquadramento: A educação permanente em saúde é uma estratégia para transformar a realidade quotidiana dos profissionais por ações educativas. Procurou-se a sua aplicação na prática diária dos que realizam atendimento à mulher em situação de violência. Objetivo: Identificar desafios para c...

Significados acerca da notificação da violência contra a mulher: estudo descritivo

OBJETIVO: Identificar os significados atribuídos por profissionais de saúde acerca da notificação da violência contra a mulher e sua prática em um município no interior da Bahia. MÉTODOS: Estudo qualitativo, descritivo, realizado por meio de entrevista com sete profissionais representantes dos se...