Risco de queda do leito de pacientes adultos e medidas de prevenção

Rev. enferm. UFPE on line; 10 (supl.6), 2016
Publication year: 2016

Objetivo:

analisar a adequação entre avaliação de risco de queda de pacientes adultos e as medidas deprevenção adotadas.

Método:

estudo descritivo, transversal, de abordagem quantitativa. A amostra foicomposta por 1.408 pacientes de um hospital universitário público. A coleta de dados ocorreu por meio daaplicação da Escala de Morse e avaliação das medidas de prevenção de queda do leito. Os dados foramtabulados no programa Microsoft Office Excel 2010 e para análise estatística utilizou-se o Programa SPSSversão 2.1. Foram realizadas análises descritivas e aplicação do teste Qui-Quadrado, considerando um pvalor<0,05.

Resultados:

pacientes com idade superior a 60 anos apresentaram maior risco de queda (33,9%).Os indivíduos classificados com alto risco foram os que estavam conectados a dispositivos venosos (90,1%), osque apresentaram histórico de queda anterior (59,9%) e com estado mental desorientado (34,0%). As medidasde prevenção estavam adequadas em 91,0%.

Conclusão:

conhecer os riscos de queda e os indicadores dequalidades, associado com a sensibilização e capacitação dos profissionais, são medidas imprescindíveis naprevenção de incidentes e eventos adversos.