Situação vacinal de crianças internadas em um hospital-escola

Rev. enferm. UFPE on line; 5 (8), 2011
Publication year: 2011

Objetivo:

descrever a situação vacinal das crianças internadas em um Hospital-Escola da cidade do Recife-PE.

Metodologia:

estudo descritivo, exploratório, transversal e quantitativo com amostra de 296 crianças na faixa etária de zero a 72 meses completos de idade. Para a coleta dos dados utilizou-se um instrumento contendo questões abertas e fechadas e a mesma deu-se inicio após aprovação do Comitê de Ética do IMIP (protocolo nº 1100/ 2007).

Resultados:

em relação ao esquema vacinal 65,6% das crianças com idade menor ou igual a 12 meses, estavam com o esquema vacinal em atraso.

Conclusões:

embora a maioria das características da amostra do presente estudo fosse favorável para que uma excelente cobertura vacinal estivesse presente, tal fato não foi observado, tal achado pode ser considerado preocupante, pois esta parcela da população encontra-se mais vulnerável às doenças imunopreveníveis. Deste modo, faz-se necessário um maior empenho principalmente por parte dos profissionais que trabalham na atenção básica, nos PSFs, uma vez que estes estão mais próximos da comunidade e conhecem as suas limitações, para que falhas como esta sejam corrigidas. Ressalta-se ainda a importância do bom funcionamento das salas de vacinas, deste modo conseguiremos reverter as baixas coberturas vacinais, contribuindo para alcançar a meta do PNI, e, principalmente estaremos prezando pela saúde das nossas crianças.