Factors associated with the knowledge and attitude of adolescents regarding male condom use
Factores relacionados al conocimiento y conducta de adolescentes cuanto al uso del preservativo masculino
Fatores associados ao conhecimento e atitude de adolescentes quanto ao uso de preservativo masculino

Rev. bras. enferm; 74 (supl.4), 2021
Publication year: 2021

ABSTRACT Objective:

Identify factors associated with the knowledge and attitude regarding male condom use in school adolescents.

Methods:

Cross-sectional, quantitative, Knowledge, Attitude, and Practice survey, conducted with 114 adolescents from a public state high school from August to October 2017, in Fortaleza, Ceará, Brazil.

Results:

The assumption of having sufficient knowledge regarding safe sex, not having a casual/dating partner, and having had three or more sexual partners in the last three months affected adequate knowledge. Higher education of the mother and not talking to the mother about sex were factors that influenced the inappropriate attitude of the participants.

Conclusion:

The knowledge and attitude of adolescents are influenced both by their previous sexual relations and by their relationship with their mother and the level of her schooling. Thus, it is essential that health institutions promote actions aimed at sex education, with support from schools and health professionals in general.

RESUMEN Objetivo:

Identificar factores relacionados al conocimiento y conducta sobre el uso del preservativo masculino por adolescentes escolares.

Métodos:

Estudio cuantitativo, transversal, del tipo investigación Conocimiento, Conducta y Práctica, realizado con 114 adolescentes de escuela estatal de educación secundaria en el período de agosto a octubre de 2017, en Fortaleza, Ceará.

Resultados:

Considerar conocimiento sobre sexo seguro suficiente, no tener pareja ocasional y haber tenido tres o más parejas sexuales en los últimos tres meses, afectaron el conocimiento adecuado. Mayor escolaridad de la madre y no charlar con ella sobre sexo han sido factores que influenciaron la conducta inadecuada de los participantes.

Conclusión:

El conocimiento y la conducta de los adolescentes son influenciados tanto por sus relaciones sexuales previas como por la relación con la madre y por la escolaridad de ella. Así, se vuelve imprescindible que instituciones de salud promuevan acciones vueltas a la educación sexual, mediante apoyo de las escuelas y de profesionales de salud en general.

RESUMO Objetivo:

Identificar fatores associados ao conhecimento e atitude sobre uso do preservativo masculino em adolescentes escolares.

Método:

Estudo quantitativo, transversal, do tipo inquérito Conhecimento, Atitude e Prática, realizado com 114 adolescentes de escola estadual de ensino médio no período de agosto a outubro de 2017, em Fortaleza, Ceará.

Resultados:

Considerar seu conhecimento sobre sexo seguro suficiente, não ter parceiro casual/ficante, e ter tido três ou mais parceiros sexuais nos últimos três meses afetaram o conhecimento adequado. Maior escolaridade da mãe e não conversar com a mãe sobre sexo foram fatores que influenciaram a atitude inadequada dos participantes.

Conclusão:

O conhecimento e a atitude dos adolescentes são influenciados tanto por suas relações sexuais prévias como pela relação com a mãe e pela escolaridade dela. Assim, torna-se imprescindível que as instituições de saúde promovam ações voltadas à educação sexual, mediante apoio das escolas e dos profissionais de saúde em geral.