QUALIDADE DE VIDA EM PESSOAS COM ÚLCERA VENOSA E AS CARACTERÍSTICAS E SINTOMAS ASSOCIADOS À FERIDA

Estima (Online); 19 (1), 2021
Publication year: 2021

Objetivo:

avaliar a qualidade de vida de pessoas com úlcera venosa e correlacionar com as características clínicas e sintomas associados à ferida.

Método:

estudo quantitativo, transversal e analítico. Para as análises das associações das variáveis qualitativas foram aplicados os testes Qui-quadrado e exato de Fisher, e para as variáveis quantitativas, o coeficiente de correlação de Spearman. Utilizou-se o instrumento Pressure Ulcer Scale for Healing para a avaliação da ferida e o Freiburg Life Quality Assessment Wound-wk para análise da qualidade de vida. Fizeram parte do estudo 103 sujeitos com tempo de feridas superior a seis semanas, de etiologia venosa.

Resultados:

houve correlação das características clínicas da úlcera venosa e sintomas associados com a qualidade de vida. Nas dimensões sintomas físicos, pessoas com úlcera venosa apresentraram pior escore em relação ao sintoma dor (p<0,0001). Associadas a isso, as características clínicas como a aparência (p< 0,0001) e a área (p=0,0037) da ferida também manifestaram correlação. Em relação à escala de avaliação da ferida (área, tecido na ferida e exsudato), o pior escore interferiu nos sintomas físicos.

Conclusão:

a dor, tamanho da ferida e seu aspecto influenciam negativamente na qualidade de vida de pessoas com úlcera venosa