Saúde da mulher e do recém-nascido: produção de conhecimento na graduação em enfermagem

Esc. Anna Nery Rev. Enferm; 13 (2), 2009
Publication year: 2009

Pesquisa exploratório-descritiva documental, que objetivou identificar a produção do conhecimento dos acadêmicos do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina na área da saúde da mulher e do recém-nascido, nos trabalhos de conclusão de curso referentes ao período de março de 1982 a dezembro de 2007. Os dados foram coletados por meio de formulário, e realizou-se análise estatística descritiva (frequência e porcentagem). Do total de 538 trabalhos, foram analisados 127, por terem sido desenvolvidos na área. A maioria deles foi com mulheres (58,3%), predominando os temasrelacionados com a saúde da mulher e do binômio (puerpério, 33,8%). Quanto aos cenários de cuidado, destacou-se a unidade local de saúde (37,0%) e o domicílio (25,2%). A teoria de Dorothea Orem foi a mais utilizada (25,2%). Há grande interesse dos acadêmicos pela área que se concentra em cenário de cuidado não hospitalar. Destaca-se a utilização de teorias de enfermagemcomo referencial teórico.