Conhecimento das puérperas sobre a sífilis: transmissão e tratamento

Nursing (Säo Paulo); 20 (224), 2017
Publication year: 2017

Sífilis é uma doença infecciosa crônica, causada pelo Treponema Pallidum, com transmissão predominantemente sexual,podendo ocorrer por via transplacentária, causando grande morbidade na vida intra uterina com desfechos negativos na gestação.

Objetivo:

Compreender o conhecimento das puérperas sobre Sífilis e Sífilis congênita.

Método:

Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória descritiva com puérperas, maiores de 18 anos, com resultado positivo para Sífilis. O cenário de pesquisa foi o Alojamento Conjunto de uma maternidade na Baixada Fluminense do Estado do Rio de Janeiro, após autorização do Comitê de Ética da Secretaria Municipal de SaúdeRJ, CAAE 5545016.30000.

5279 Resultados e Discussão:

Foram quinze jovens puérperas, com baixa escolaridade, oito descobriram serem portadoras de sífilis no pré-natal, seis na maternidade e duas na gravidez anterior, e somente duas, tiveram seu parceiro tratado, o que desafia a equipe de saúde para implementação de estratégias que visem diagnóstico e tratamento precoce das gestantes e de seus parceiros, apresentam conhecimento superficial da Sifilis e não compreendem o que significa congênito.

Conclusão:

despreocupação aparente dessas mulheres e dos seus parceiros em relação aos seus filhos expostos à sífilis, refere-se à falta de informação adequada sobre a doença. A participação do parceiro no pré-natal deve ser estimulada pela equipe da unidade de saúde, visto que o problema envolve toda a família. Algumas puérperas se culpam pelo sofrimento do filho, e os profissionais de saúde precisam desenvolver habilidades para apoiá-las,não aplicando juízo de valor quanto à responsabilização na transmissão da doença.