Aproximações entre habilidades sociais, gerência do cuidado de enfermagem e o pensamento complexo
Approximations between social skills, nursing care management and complex thinking

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Publication year: 2018

Estudo com objetivo de refletir sobre as interfaces entre habilidades sociais e a gerência do cuidado de enfermagem na perspectiva da complexidade. Estudo descritivo do tipo ensaio reflexivo fundamentado na base teórico-filosófica do pensamento complexo e percepções das autoras. As habilidades sociais englobam classes de comportamentos sociais no repertório do indivíduo para lidar de maneira adequada com as demandas das situações interpessoais. Elas se entrelaçam ao cotidiano da gerência do cuidado de enfermagem, pois gerenciar implica relacionar-se com os outros e, para tal, o enfermeiro necessita de um comportamento socialmente hábil. Este é um processo multifacetado, hologramático, não linear e, assim sendo, o cartesianismo é insuficiente para a sua sustentação epistemológica. Portanto, optou-se por pautar as reflexões nos princípios do pensamento complexo e concluiu-se que as relações interpessoais desenvolvidas pelos enfermeiros a partir de competências galgadas em um comportamento socialmente hábil representam importante mola propulsora para que a gerência do cuidado se distancie de uma prática reducionista e mecanicista.(AU)