Dimensionamento do pessoal de enfermagem na terapia intensiva adulto
Sizing of the nursing staff in adult intensive therapy

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Publication year: 2018

O objetivo consistiu em dimensionar o quadro de pessoal de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva para adultos. Trata-se de pesquisa transversal, prospectiva, descritiva e quantitativa. Foi realizada na Unidade de Terapia Intensiva para Adultos (UTI-A) de um hospital universitário do Paraná, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre junho e outubro de 2014 pela aplicação do Nursing Activities Score (NAS) a uma amostra (n=81) de prontuários de pacientes, obtendo a mensuração da carga de trabalho média (565,32 pontos) da equipe de enfermagem do setor. Com isso, dimensionou-se o quadro de pessoal da categoria, confrontando-o com a legislação nacional correspondente à Resolução nº 543/2017 do Conselho Federal de Enfermagem. O quadro dimensionado total da equipe foi de 32 trabalhadores, sendo 17 enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem. À comparação com o quadro real, houve déficit geral de três profissionais. Faltavam oito enfermeiros assistenciais, evidenciando superávit de cinco trabalhadores de nível médio. Concluiu-se que o quadro de pessoal de enfermagem da UTI-A é subdimensionado, o que pode afetar a qualidade e a segurança do cuidado intensivo, além de comprometer a identidade profissional do enfermeiro.(AU)