Métodos não farmacológicos utilizados pelo Enfermeiro na prevenção e controle da Hipertensão Arterial Sistêmica

Nursing (Säo Paulo); 21 (244), 2018
Publication year: 2018

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença crônica multifatorial caracterizada por níveis tensionais elevados e sustentados.

Objetivos:

descrever e analisar a eficácia das terapias não farmacológicas no controle da HAS, utilizadas pelo enfermeiro.

Metodologia:

Estudo descritivo, quantitativo, realizado com 43 adultos atendidos pelo Programa Academia Carioca de um Centro Municipal de Saúde do Rio de Janeiro no período de agosto a setembro de 2017. Os dados da pesquisa foram coletados com aplicação de um questionário estruturado com cinco perguntas objetivas e através de análise documental do prontuário do paciente no programa.

Resultado:

87,5% dos entrevistados conseguiram melhorar ou estabilizar os níveis pressóricos em detrimento de 12,5% dos entrevistados que apresentaram piora destes níveis.

Conclusão:

O uso de terapias não farmacológicas indica uma melhora da qualidade de vida dos participantes do Programa Academia Carioca, sendo estes portadores ou não de HAS, contudo nota-se ainda que os enfermeiros não priorizam a indicação à prática de exercícios físicos.(AU)