Adesão ao tratamento da tuberculose: uma perspectiva do cuidado de si foucautiano
Adherence to tuberculosis treatment: a foucauldian care perspective

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Publication year: 2018

Objetivo:

refletir acerca da adesão ao tratamento da tuberculose à luz do cuidado de si em Michel Foucault.

Método:

reflexão baseada nos pressupostos de “A hermenêutica do sujeito” de Foucault e literatura pertinente.

Resultados:

o cuidado de si diz respeito à percepção do sujeito; seu autoconhecimento; e à execução do seu próprio cuidado. Na adesão ao tratamento da tuberculose, o sujeito apresenta mais domínio sobre si, a doença não representa perturbação externa, pois o cuidado desenvolvido ao longo da sua existência não pode ser perturbado, nem mesmo pela doença.

Há fatores que podem intensificar essa perturbação:

baixa escolaridade, desemprego, etilismo, reingresso após abandono e estigma.

Conclusão:

torna-se necessário o resgate dos princípios do cuidado de si, o que pode influenciar o voltar-se para si, para que exteriorize o perceber sobre seu tratamento, tornando possível a implementação de ações mais direcionadas à subjetividade do doente e favorecendo o processo de adesão.(AU)