Atuação da enfermagem na conservação da saúde de mulheres em situação de violência
Nursing performance in the conservation of women's health in situations of violence

REME rev. min. enferm; 22 (), 2018
Publication year: 2018

A violência contra a mulher é um fenômeno complexo que provoca efeitos negativos sobre sua saúde. O princípio da Teoria de Enfermagem de Levine é manter ou recuperar uma pessoa (a mulher que vivencia a violência) para um estado de saúde (longe da violência).

Objetivo:

analisar, pela ótica da Teoria de Enfermagem de Levine, o atendimento da enfermeira às mulheres que sofreram violência.

Método:

pesquisa qualitativa e descritiva realizada na Estratégia de Saúde da Família do Rio de Janeiro – Brasil, com 11 enfermeiras que prestaram atendimento às mulheres em situação de violência, com base em entrevistas utilizando roteiro de perguntas semiestruturado. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Saúde. Os depoimentos foram analisados pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo.

Resultados:

a análise das entrevistas resultou em quatro ideias centrais referentes a: conservação de energia, integridade estrutural, pessoal e social das mulheres.

Conclusão:

o cuidado precisa possibilitar conservação de energia, por meio da atenção integral às mulheres, e não apenas focado na violência. Enfatizaram questões como acolhimento e acesso à unidade de saúde, resgatando vínculos dessa mulher com membros da rede social.(AU)