Resultados: 6

A utilização do lúdico no cenário da hospitalização pediátrica

Objetivo: descrever a percepção da equipe multiprofissional sobre a utilização do lúdico e dos fatores que interferem na sua prática no contexto do cuidado à criança hospitalizada. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritvo, exploratório realizado na Clínica Pediátrica de um hospital u...

Estratégias lúdicas no cuidado de enfermagem à criança hospitalizada

Objetivo: analisar o uso de estratégias lúdicas no cuidado à criança hospitalizada na perspectiva da equipe de Enfermagem. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, no setor da Pediatria de um hospital municipal, por meio de entrevistas semiestruturadas com 15 profissionais de enfermage...

Intersubjetividade no cuidado com a criança hospitalizada pelo discente de enfermagem: método fenomenológico

OBJETIVO: compreender as experiências do discente de Enfermagem vivenciadas no ensino teórico-prático em saúde da criança. MÉTODO: estudo fenomenológico, fundamentado em Merleau-Ponty, com abordagem qualitativa. Participaram 30 discentes do oitavo período do curso de enf...

Análise dos atributos da atenção primária em crianças internadas por doenças evitáveis: acesso de primeiro contato e longitudinalidade

A Atenção Primária à Saúde (APS) trata-se dos ser¬viços de primeiro contato do usuário com o sistema de saúde. Nesse sentido, foi proposto um conceito amplo e direcionado à presença e à extensão de atributos essenciais e derivados no serviço na atenção primária. Na saúde infantil identi...

Avaliação da integralidade, coordenação do cuidado, orientação familiar e comunitária sob a ótica das internações por condições sensíveis em crianças de 0 até 5 anos

Dentre as doenças mais prevalentes na infância e que geram maior número de internações hospitalares em crianças até 5 anos no Brasil, estão a diarreia, asma e pneumonia, Essas doenças endossam o crescente número de internações hospitalares infantis por Condições Sensíveis à Atenção Prim...

Memory box: uma tecnologia para o cuidado neonatal e pediátrico

REME rev. min. enferm; 19 (3), 2015
Estudo descritivo exploratório, quantitativo, tipo survey transversal, que tem por objetivo analisar como a Memory Box pode ser utilizada, na perspectiva da equipe de enfermagem, como uma tecnologia para o cuidado pediátrico e neonatal. A população foi constituída por 143 profissionais de Enfermagem...