Resultados: 23

Implicações da simulação na autoconfiança e conhecimento de profissionais na atenção primária: quase experimento

Enferm. foco (Brasília); 11 (3), 2020
Objetivo: Verificar se a estratégia de simulação clínica melhora o ganho de conhecimento e de autoconfiança da equipe de profissionais de saúde em situações de parada cardiorrespiratória (PCR) e/ou obstrução de vias aéreas por corpo estranho (OVACE) na atenção primária à saúde (APS). Met...

Redução de hemoglobina: risco para lesão renal aguda após revascularização do miocárdio

Rev. enferm. UERJ; 28 (), 2020
Objetivo: verificar se a redução da taxa de hemoglobina no pós-operatório de revascularização do miocárdio interfere na função renal dos pacientes. Método: estudo observacional e prospectivo, desenvolvido entre fevereiro e junho de 2016, com 51 pacientes que realizaram cirurgia de revasculariza...

Cistatina C e Rifle: avanços na avaliação da função renal em pós-operatório de cirurgia cardíaca

A prevalência de LRA no pós-operatório (PO) de cirurgia cardíaca varia em torno de 5% a 31%, dependendo da população estudada e do critério adotado para sua definição. Os objetivos deste estudo foram classificar a função renal de pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca, utilizando ...

Conhecimento dos enfermeiros da atenção primária à saúde sobre fatores de risco para Lesão Renal Aguda

RESUMO Objetivo Descrever o conhecimento dos enfermeiros sobre a identificação, medidas de prevenção e de autocuidado direcionadas à lesão renal aguda (LRA) em hipertensos e/ou diabéticos na atenção primária à saúde (APS). Método Estudo transversal e quantitativo. Amostra constituída de 5...

Influência das variações da pressão positiva sobre a função renal

REME rev. min. enferm; 24 (), 2020
Objetivo: verificar se o emprego de ventilação mecânica invasiva (VMI) com pressão positiva predispõe o aparecimento de lesão renal aguda (LRA) em pacientes críticos. Método: coorte prospectiva de abordagem quantitativa desenvolvido em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital público. O...

Simulação como estratégia de interferência na autoconfiança interprofissional no âmbito da atenção primária

Rev. enferm. UERJ; 27 (), 2019
Objetivo: verificar se a estratégia de simulação empregada para capacitação em suporte básico de vida e situações de obstrução de vias aéreas interfere na autoconfiança interprofissional no âmbito da atenção primária à saúde. Método: estudo quaseexperimental desenvolvido com 68 profiss...

Simulação in situ: ganho da autoconfiança de profissionais de enfermagem na parada cardiopulmonar

Rev Rene (Online); 20 (), 2019
Objetivo comparar a simulação in situ em relação à aula didática tradicional, no ganho da autoconfiança de profissionais da equipe de enfermagem, em situação de parada cardiopulmonar. Métodos estudo quasi-experimental, não equivalente, desenvolvido em unidade de terapia intensiva e pronto s...

Efeito da simulação para a aprendizagem significativa

Rev. enferm. UFPE on line; 12 (12), 2018
Objetivo: investigar o efeito da simulação sobre a aprendizagem significativa em evidências científicas. Método: trata-se de um estudo bibliográfico, tipo revisão integrativa. Buscaram-se os artigos de 2013 a 2017 nas Bases de Dados MEDLINE, BDENF e LILACS. Realizou-se, para a avaliação dos estu...

Tuberculose latente entre pessoas com HIV/AIDS

Objetivo: buscar evidências sobre o uso da terapia preventiva com isoniazida na redução do risco da tuberculose ativa entre as pessoas vivendo com HIV/Aids mediante os resultados dos ensaios de liberação do interferon-gama (IGRA). Método: trata-se de estudo bibliográfico, descritivo, tipo revisão...

Alterações glicêmicas e pressóricas em pacientes críticos

Objetivo: descrever as repercussões das variações glicêmicas e pressóricas de pacientes hipertensos e diabéticos. Método: estudo quantitativo, descritivo e exploratório, com 14 pacientes internados na unidade de terapia intensiva (UTI). Utilizou-se questionário estruturado para coleta de dados. ...