Resultados: 12

Vínculos do binômio criança-família antes e após o diagnóstico de câncer infantil

Rev. enferm. UFSM; 11 (), 2021
Objetivo: descrever e analisar os vínculos do binômio criança-família, antes e após o diagnóstico de câncer. Métodos: estudo qualitativo e descritivo realizado com seis famílias de crianças com câncer. A coleta de dados ocorreu com questões norteadoras, construção de Genograma e Ecomapa, de...

Vivência da família na sobrevivência ao câncer: entre esperança de cura e medo da recidiva

Objetivo: conhecer a vivência da família na sobrevivência ao câncer. Metodologia: pesquisa qualitativa e descritiva realizada nos meses de outubro e novembro de 2017, com dez familiares de pacientes com recidiva de câncer em tratamento quimioterápico no Serviço de Oncologia do Hospital Escola da U...

Programa de saúde para o pai adolescente: reflexões sobre sua relevância

Rev. enferm. UFPE on line; 4 (3,n.esp), 2010
Objetivo: refletir sobre a relevância do desenvolvimento de programas de saúde para pais adolescentes, de forma que estes possam compreender melhor a paternidade e sentirem-se seguros para assumir o filho e, quem sabe, a família. Metodologia: pesquisa bibliográfica nas bases de dados PubMed, SCIELO e...

Mulher mastectomizada por câncer de mama: vivência das atividades cotidianas

Objetivo: conhecer a vivência de mulheres mastectomizadas por câncer de mama em relação às atividades cotidianas. Método: Estudo qualitativo, com seis mulheres em acompanhamento oncológico em um hospital de ensino do Sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas,...

Rede social de apoio do homem sobrevivente ao câncer: estudo de caso etnográfico

Objective: To present the supportive social network of men who survived prostate cancer. Method: It is an ethnographic case study, which was carried out with two men that survived prostate cancer and had high rates of resilience. Data was collected at the patient’s home from April to May 2012, through s...

Decisões contraditórias: motivos que levam o familiar cuidador a omitir o diagnóstico de câncer

Objetivo: conhecer os motivos/razões que levam o familiar cuidador a omitir o diagnóstico de câncer para apessoa doente. Método: estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa, desenvolvido em um hospital escola, com seis familiares cuidadores, por meio de uma entrevista semiestruturada g...

A sobrevivência ao câncer na perspectiva da família

Objetivo: conhecer a vivência da família frente ao adoecer e sobreviver da pessoa ao câncer. Método: estudoexploratório e descritivo com abordagem qualitativa. A produção de dados foi realizada com três familiares dedois sobreviventes ao câncer por meio de entrevistas semiestruturadas, no perío...

Identidade do homem resiliente no contexto de adoecer por câncer de próstata: uma perspectiva cultural

Rev. bras. enferm; 67 (6), 2014
O estudo objetivou conhecer o contexto do homem resiliente ao adoecer por câncer de próstata. Trata-se de um estudo de caso etnográfico realizado com dois homens sobreviventes ao câncer de próstata, com alto grau de resiliência. Os dados foram coletados no domicílio, no período de abril e maio de...

Qualidade de vida em sobreviventes de câncer: uma revisão integrativa

Rev. RENE; 14 (4), 2013
Este estudo objetivou identificar os fatores relacionados à qualidade de vida dos sobreviventes de câncer. Utilizou-se as bases de dados PubMed, LILACS e a SciELO, e qualidade de vida, sobrevivência e neoplasias como descritores. Foram encontrados 68 artigos e selecionados dez que abordavam os fatores...

Feminine identity: the representation of the uterus for women undergoing hysterectomy

Objetivo: Identificar a representação do útero para as mulheres submetidas à histerectomia e a vivência da sexualidade neste período. Método: Pesquisa qualitativa realizada no mês de outubro de 2008 em um hospital de ensino no sul do Brasil, com cinco mulheres histerectomizadas. Utilizou-se como ...