Resultados: 6

O (des)cuidar-se como mulher ao ser cuidadora do companheiro com câncer

Rev. gaúch. enferm; 39 (), 2018
Resumo OBJETIVO Desvelar o significado do cuidado de si frente à realidade de ser cuidadora do companheiro com câncer. MÉTODO Pesquisa fenomenológica heideggeriana, realizada com dez mulheres cuidadoras dos companheiros com câncer, em um município da região noroeste do Paraná, entre dezembro de...

Presença familiar no olhar existencial da pessoa com câncer: compreendendo o fenômeno à luz heideggeriana

Rev. eletrônica enferm; 17 (1), 2015
Objetivou-se compreender como a pessoa com câncer percebe a presença ou a ausência do familiar enquanto realiza tratamento longe do lar. Pesquisa fenomenológica heideggeriana, realizada com 11 pessoas em tratamento antineoplásico, hospedadas em uma casa de apoio. Os...

Significações de ser cuidadora do companheiro com câncer: um olhar existencial

Rev. bras. enferm; 69 (1), 2016
RESUMO Objetivo: desvelar as significações da mulher que vivencia ser cuidadora do companheiro com câncer. Método: pesquisa fenomenológica heideggeriana, realizada com dez mulheres cuidadoras dos companheiros com câncer, em um município da região noroeste do Paraná, entre dezembro de 2013 a feve...

Percepção de idosos acerca das atividades desenvolvidas no hiperdia

REME rev. min. enferm; 19 (2), 2015
Pesquisa descritiva exploratória, com abordagem qualitativa, cujo objetivo foi compreender como o idoso avalia as atividades do HiperDia.Para isso, foram realizados quatro grupos focais no período de novembro a dezembro de 2013, com idosos que participavam das atividades desenvolvidas no HiperDia de um...

O sentimento de esperança em pacientes com câncer: uma análise existencial

Rev. RENE; 15 (4), 2014
Objetivou-se desvelar o sentimento de esperança para as pessoas que vivenciam o câncer em sua existência. Pesquisa qualitativa, fenomenológica heideggeriana, realizada com oito pacientes atendidos em instituição filantrópica, entre dezembro de 2013 a fevereiro de 2014, em uma cidade localizada no ...

I survived cancer: phenomenological analysis of the survivors' language

Texto & contexto enferm; 23 (4), 2014
The study attempted to understand the feelings of people who have survived cancer, through qualitative research with Heidegger's phenomenological approach. The study subjects were five cancer survivors, followed up during 2004 and 2005 through a university extension project in the northwestern region of ...