Resultados: 6

Prevalência e intensidade da sede de crianças no pós-operatório imediato

Resumo Objetivo Identificar a prevalência e intensidade da sede de crianças no pós-operatório imediato e seus fatores associados. Métodos Estudo transversal e analítico. A amostra consistiu-se de 78 crianças de quatro a doze anos em sala de recuperação anestésica no pós-operatório imediat...

Sede do paciente cirúrgico ortopédico no pós-operatório imediato

Rev. baiana enferm; 34 (), 2020
Objetivo verificar a prevalência, intensidade e desconforto da sede do paciente cirúrgico ortopédico e as correlações com as variáveis demográficas e clínico-cirúrgicas. Método estudo transversal, quantitativo e analítico com 78 pacientes em Sala de Recuperação Pós-Anestésica de um hospit...

Prevalência, intensidade e desconforto da sede no paciente cirúrgico no pós-operatório imediato

Rev. SOBECC; 24 (2), 2019
Objetivo: Avaliar a prevalência, a intensidade e o desconforto da sede no período pós-operatório imediato. Método: Estudo epidemiológico, transversal, descritivo, quantitativo, realizado em um hospital universitário do Sul do Brasil, de agosto a setembro de 2012. A amostra foi composta de 386 paci...

Sede do paciente cirúrgico: elaboração e validação de um protocolo de manejo seguro da sede

Rev. enferm. UFPE on line; 7 (3,n.esp), 2013
Objetivo: elaborar um protocolo de manejo seguro da sede no pós-operatório imediato. Método: pesquisa metodológica aplicada, quantitativa, apresentada ao programa de Mestrado em Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Para a validação do conteúdo do instrumento será utilizado como crité...

Desconfortos esperados e vivenciados por pacientes no pós-operatório imediato

Rev. baiana enferm; 32 (), 2018
Objetivo verificar os desconfortos esperados e vivenciados por pacientes no pós-operatório imediato. Método estudo descritivo, quantitativo, pré e pós-teste, realizado em dois hospitais públicos. No pré-operatório, os pacientes enumeraram os desconfortos que esperavam vivenciar, dentre dez des...

Tenho sede! Vivência do paciente cirúrgico no período perioperatório

Rev. SOBECC; 21 (2), 2016
Objetivo: Desvelar a vivência do paciente cirúrgico no pós-operatório imediato em relação à sede, na perspectiva da Teoria de Manejo de Sintomas. Método: Estudo qualitativo desenvolvido com 14 pacientes em hospital universitário de grande porte no Sul do Brasil. Para análise dos discursos, util...