Resultados: 32

Covid-19 nas prisões: efeitos da pandemia sobre a saúde mental de mulheres privadas de liberdade

Rev. baiana enferm; 34 (), 2020
Objetivo investigar o autorrelato de sintomas de ansiedade relacionados à Covid-19 entre mulheres encarceradas. Método estudo transversal, realizado em uma unidade prisional de Salvador, Bahia, no período de abril a maio de 2020. Os dados foram coletados por meio de questionário, sendo analisadas ...

Educational technologies on sexually transmitted infections for incarcerated women

Objective: to analyze in the scientific literature the educational technologies on sexually transmitted infections used in health education for incarcerated women. Method: an integrative review carried out by searching for articles in the following databases: Scopus, Cumulative Index of Nursing and Alli...

Fatores de proteção da saúde mental das mulheres encarceradas: estudo descritivo-exploratório

OBJETIVO: identificar as atividades que promovem a saúde mental realizadas pelas mulheres privadas de liberdade, frente às dificuldades encontradas no período de reclusão. MÉTODO: estudo descritivo, exploratório, qualitativo, realizado com quarenta mulheres privadas de liberdade em um presídio fem...

Comportamento sexual e de saúde entre mulheres de apenados: estudo exploratório

OBJETIVO: apreender o comportamento sexual e de saúde de mulheres de apenados. MÉTODO: estudo exploratório, qualitativo, realizado em novembro de 2015 em um presídio de pequeno porte do Paraná, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada com 19 mulheres e posteriormente s...

Mulheres detentas do Recife-PE: saúde e qualidade de vida

RESUMO Objetivos Identificar o perfil social, hábitos de vida e morbidades referidas, de mulheres detentas; identificar a Qualidade de Vida-QV dessas mulheres e associá-la às variáveis perfil social, hábitos de vida e morbidades referidas. Método Pesquisa transversal, correlacional, de campo, com...

Vivências da equipe de enfermagem no cotidiano do sistema penal

Rev. baiana enferm; 34 (), 2020
Objetivo compreender o cotidiano vivido pela equipe de Enfermagem no sistema penal. Método pesquisa qualitativa realizada com quatro enfermeiros e dois técnicos de Enfermagem de um Centro de Remanejamento Prisional, em Minas Gerais, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista entre junho...

Qualidade de vida e doenças autorreferidas em mulheres de apenados

Objetivo: analisar a qualidade de vida e identificar doenças autorreferidas em mulheres de apenados. Método: tratase de um estudo quantitativo, descritivo, transversal, com 349 mulheres de apenados em três penitenciárias. Coletaram-se os dados por meio de dois instrumentos. Analisaram-se as informaç...

Assistência à saúde de mulheres encarceradas: análise com base na Teoria das Necessidades Humanas Básicas

RESUMO Objetivo analisar como as mulheres encarceradas percebem a sua assistência à saúde utilizando a Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta. Método estudo descritivo e exploratório com utilização do método qualitativo, realizado com oito mulheres que responderam a u...

Care to incarcertaed people with HIV/AIDS: literature review

ABSTRACT Objective: to describe health care provided to people living with HIV/AIDS in the penitentiary system. Method: a narrative review of the literature that considered publications from 2012 to 2017. The bibliographic survey was performed using controlled descriptors and keywords in the LILACS, ...

Vulnerabilidade para IST/aids em mulheres encarceradas

A condição de vulnerabilidade às infecções sexualmente transmissíveis e à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (IST/aids) é aumentada nas mulheres encarceradas. Os fatores associados a esse aumento estão relacionados às condutas sexuais adotadas por essas mulheres, em que a multiparceria, a...