Resultados: 8

Fatores de stress vivenciados pelos familiares no processo de doação de órgãos e tecidos para transplante

Os objetivos deste trabalho foram: (1) identificar os estressores vivenciados pelos familiares no processo de doação de órgãos e tecidos para transplante; (2) determinar o momento mais desgastante; (3) identificar as facilidades e dificuldades que os familiares tiveram para decidir sobre a doação e...

Abordagem familiar para a doação de órgãos: percepção dos enfermeiros

Objetivos: identificar a percepção de enfermeiros sobre a abordagem familiar para a doação de órgãos. Método: trata-se de um estudo qualitativo, explicativo e exploratório, com seis enfermeiros de duas instituições de saúde realizado por meio de entrevista aberta e discutida pela Análise de C...

Educação permanente sobre a doação de órgãos/tecidos com agentes comunitários de saúde

Objetivo: relatar a experiência com o desenvolvimento de educação permanente sobre a doação de órgãos/tecidos para Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Método: estudo descritivo, tipo relato de experiência, conduzido por seis profissionais de Enfermagem que desenvolveram um treinamento teóric...

Vivências e estratégias de uma organização de procura de órgãos

Objetivo: conhecer as vivências e estratégias utilizadas pelos profissionais de uma Organização de Procura de Órgãos na efetividade do processo de doação. Método: estudo qualitativo, descritivo-exploratório, com sete profissionais de saúde, a partir de entrevistas individuais semiestruturadas ...

A atuação do enfermeiro em comissão intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos

Rev. enferm. UERJ; 26 (), 2018
Objetivo: conhecer o papel do enfermeiro de comissão intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplante. Método: estudo qualitativo, desenvolvido em cinco hospitais de uma região metropolitana do Sul do Brasil. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada com 12 enfermeiros...

Morte encefálica e manutenção de órgãos: conhecimento dos profissionais intensivistas

Objetivo: avaliar o conhecimento dos profissionais da saúde que atuam na Unidade de Terapia Intensiva acerca do diagnóstico de morte encefálica e da manutenção de órgãos em potenciais doadores. Método: estudo quanti-qualitativo, avaliativo, descritivo e exploratório, realizado com 21 profissiona...

O processo de trabalho no contexto da doação de órgãos e tecidos

Rev. enferm. UERJ; 23 (6), 2015
Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, que buscou avaliar aspectos relacionados ao processo de trabalho dos profissionais que atuam no Sistema de Captação, Notificação e Distribuição de Órgãos e Tecidos no Piauí. A amostra foi constituída de 29 sujeitos, entre enfermeiros, médicos, assis...

O autoconhecimento e sua multidimensionalidade aplicada à equipes de transplantes

Estudo buscou compreender o autoconhecimento como estratégia de manutenção da saúde mental das equipes de transplantes que realizam a entrevista familiar para doação de órgãos. Para isso investigou-se a experiência emocional vivenciada na entrevista familiar em âmbito nacional (Porto Alegre, Br...