Resultados: 11

Traumatismos em adolescentes e adultos: avaliação da gravidade por escore anatômico

Objetivo: determinar a gravidade do trauma em adolescentes e adultos pelo New Injury Severity Score.Método: estudo ecológico, retrospectivo e quantitativo em prontuários de 301 vítimas atendidas entre janeirode 2006 e julho de 2008 no Hospital de Urgência de Sergipe/SE/Brasil. A coleta foi realizada...

Caracterização de vítimas de traumatismo atendidas em um hospital de urgência

Objetivo: descrever o perfil sociodemográfico das vítimas de trauma atendidas em um hospital de urgência em Sergipe.Método: trata-se de estudo ecológico, retrospectivo e quantitativo. A amostra foi constituída por 301 prontuários depacientes atendidos entre janeiro de 2006 e julho de 2008 no Hospi...

Necessidades das famílias após o Trauma Cranioencefálico: dados da realidade brasileira

Trata-se de um estudo quantitativo sobre as necessidades das famílias de vítimas de Trauma Cranioencefálico (TCE), realizado a partir de seis meses após o evento traumático. A casuística do estudo constituiu-se de 161 familiares e 71 pacientes de TCE. Foi desenvolvido nos domicílios das vítimas a...

Levantamento epidemiológico dos acidentes motociclísticos atendidos em um Centro de Referência ao Trauma de Sergipe

Rev. Esc. Enferm. USP; 45 (6), 2011
O trauma por acidentes motociclísticos atinge um grande número de vítimas e se constitui um grave problema de saúde pública no Brasil. Trata-se de um estudo documental com abordagem quantitativa que objetivou levantar dados epidemiológicos de 554 vítimas de acidentes motociclísticos atendidos nos...

O enfermeiro no cuidado à vítima de trauma com dor: o quinto sinal vital

Rev. Esc. Enferm. USP; 45 (1), 2011
Estudo qualitativo que avaliou o conhecimento do enfermeiro acerca da dor na vítima de trauma. Desenvolvido em um hospital público, por meio da aplicação de questionário e teste de conhecimento e tratados pela Análise de Conteúdo. A amostra compreendeu 27 enfermeiros, em sua quase totalidade de mu...

Sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva

Rev. bras. enferm; 62 (6), 2009
Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sobre os sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva. Foram entrevistados 24 familiares de um hospital público da cidade de Aracaju nos meses de julho e agosto de 2007. Os dados foram coletados por meio de u...

Caracterização de cuidadores de vítimas de trauma crânio-encefálico em seguimento ambulatorial

Rev. Esc. Enferm. USP; 39 (3), 2005
O presente estudo caracterizou o cuidador familiar principal de 50 vítimas de trauma crânio-encefálico em seguimento ambulatorial, em um centro para atendimento de trauma na cidade de São Paulo, por meio de entrevista e análise de prontuário. Os resultados revelaram que os cuidadores tinham idade m...

A distanásia como geradora de dilemas éticos nas Unidades de Terapia Intensiva: considerações sobre a participação dos enfermeiros

Acta paul. enferm; 18 (3), 2005
A distanásia apresenta-se como uma das fontes geradoras de dilemas éticos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Discute-se o contexto que favorece a prática da distanásia nesse ambiente, com ênfase na utilização excessiva do suporte tecnológico......