Resultados: 92

Esperança de famílias que convivem com comportamento aditivo por tempo prolongado

Objetivo: Identificar a esperança de famílias que convivem por tempo prolongado com o comportamento aditivo de um de seus membros. Métodos: Estudo transversal com familiares de 29 indivíduos internados com trauma físico associado à intoxicação por drogas de abuso, considerados eventos sentinela e...

Codependência química: percepção de familiares de usuários de substâncias psicoativas de uma comunidade terapêutica do Sul do Brasil

Rev. Enferm. Atual In Derme; 86 (Edição Especial), 2018
O Objetivo é conhecer a percepção dos familiares de dependentes químicos, de uma comunidade terapêutica, acerca da codependencia química. Trata-se de uma pesquisa, cuja amostra constituiu-se por oito familiares. A coleta de dados ocorreu por meio da entrevista semiestruturada e pelo uso do diário ...

A experiência da maternidade em mulheres usuárias de crack: vivência entre mãe e filho

Objective: The study’s purpose has been to know the viewpoint of women crack users in regards to their motherhood experience. Methods: This qualitative study was carried out with five women who used crack during pregnancy. Data was collected from May to August 2014, through the participant observation,...

Experiências de mães durante a internação hospitalar de seus filhos

Objective: The study’s purpose has been to know the experience of mothers during the hospitalization of their children. Methods: This is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach in a pediatric clinic of a reference hospital in the northern region of Ceará State, Brazil, on November ...

Adaptação parental à situação de internação do filho na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

Introdução: Considerando a manutenção do número de nascimentos pré-termo e o aumento na expectativa de sobrevivência de crianças cada vez mais prematuras, presume-se que as famílias continuarão a lidar com a situação de ter o seu recém-nascido (RN) internado nas Unidades de Terapia Intensiva...

Experiência dos familiares no convívio de crianças com transtorno do espectro autista (TEA)

Enferm. foco (Brasília); 10 (2), 2019
Objetivo: conhecer a experiência dos familiares no convívio de crianças com TEA. Metodologia: pesquisa qualitativa, realizada através de Grupo Focal com familiares de oito crianças com diagnóstico de TEA. A coleta de dados ocorreu no mês de setembro de 2016, através de questões norteadoras discu...

Avaliação da resiliência de pessoas com condições crônicas e cuidadores

Objetivo: avaliar a resiliência de pessoas com doenças crônicas e seus cuidadores. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal, realizou-se com 98 pacientes e familiares, na residência do participante. Coletaram-se os dados por entrevistas semiestruturadas e a escala de resi...

Sobrecarga e satisfação dos familiares de pacientes com esquizofrenia

Cogitare enferm; 24 (), 2019
RESUMO Objetivo avaliar a atenção psicossocial pela ótica do familiar do paciente esquizofrênico. Metódo estudo correlacional com 40 familiares no Centro de Atenção Psicossocial III de Londrina-PR, entre 2015 e 2016. Foram obtidas variáveis relacionadas à caracterização sociodemográfica e...

Fortalecimento do vínculo entre a família e o neonato prematuro

Objetivo: identificar quais são as intervenções de Enfermagem realizadas em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal que promovem o fortalecimento do vínculo entre a família e o recém-nascido prematuro. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritivo, realizado em uma maternidade pública, com...

Comunicação e relações sociais estabelecidas entre pais adoecidos pelo câncer e seus filhos

Cogitare enferm; 24 (), 2019
RESUMO Objetivos: identificar os fatores intervenientes nas relações interpessoais e no processo de comunicação entre pais com câncer e seus filhos, relativos ao processo de adoecimento e descrever as estratégias favorecedoras. Método: revisão integrativa, 25 artigos selecionados, entre 2007 e ...