Resultados: 20

As doenças negligenciadas e suas representações sociais: um estudo com profissionais de saúde

As doenças negligenciadas são caracterizadas por um grupo de enfermidades infecciosas que atingem principalmente a população de baixa renda nos países em desenvolvimento, com poucos investimentos em pesquisa e tecnologia para avançar no controle, na prevenção e tratamento medicamentoso. São assi...

Ensino da estomaterapia e suas repercussões para os egressos inseridos no mundo do trabalho

O objeto deste estudo versa sobre as dificuldades e as facilidades para os egressos do Curso de Estomaterapia da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ENF/Uerj) atuarem como especialistas no mundo do trabalho. Apresentam-se, portanto, como objetivos: 1) elaborar um question...

16ª Conferência Nacional de Saúde: espaço amplo e democrático de discussão e articulação da Enfermagem

Enferm. foco (Brasília); 10 (3), 2019
A 16ª Conferência Nacional de Saúde, também denominada 8ª + 8, configura-se como o maior evento da sociedade na discussão sobre a defesa dos direitos sociais e de saúde e ocorrerá em Brasília no período de 04 a 07 de agosto de 2019. (AU)...

Coordenação da atenção primária: limites e possibilidades para a integração do cuidado

Rev. enferm. UERJ; 27 (), 2019
Objetivo: avaliar o atributo coordenação do cuidado na atenção primária à saúde na perspectiva de profissionais de equipes de saúde da família. Método: estudo seccional realizado com 349 profissionais de equipes saúde da família da área programática 3.1, por meio da aplicação do question...

Actividad física y comportamiento sedentario del personal de enfermería con base en el Cuestionario Mundial sobre Actividad Física (GPAQ)

Introducción: en general las actividades del personal de salud son sedentarias, aunado a factores genéticos subyacentes y a la influencia del medio ambiente, la alta prevalencia de obesidad se debe a la falta de actividad física necesaria para mantener el equilibrio con el gasto calórico energético....

Autopercepção da comunicação de profissionais de enfermagem diante de notícias difíceis a clientes hospitalizados e familiares: estudo sociopoético

Profissionais de enfermagem atuantes em instituições de saúde lidam constantemente com o sofrimento de clientes hospitalizados e familiares acometidos por doenças de difícil restabelecimento e/ou possibilidade de morte iminente. Considerando a comunicação de notícias difíceis como parte integran...

Representação da violência doméstica contra mulheres entre profissionais de saúde: idade como atributo de diferenciação

Rev. enferm. UERJ; 24 (3), 2016
Objetivo: comparar, segundo a idade, as representações da violência doméstica contra a mulher entre técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, atuantes em unidades de saúde da família, no extremo sul do País. Método: estudo qualitativo cujos dados forma coletados, entre julho/nove...