Resultados: 36

Limites e possibilidades no enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes

Rev. enferm. UFPE on line; 9 (supl.3), 2015
Objetivo: analisar os fatores que interferem no trabalho de profissionais da rede de atenção a crianças e adolescentes em situação de violência. Método: estudo qualitativo, desenvolvido no Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializada em Assistência Social, Delegacia Especializada no Aten...

Conhecimentos dos enfermeiros sobre a suspeita e deteção de maus tratos na criança

Introdução: Os maus tratos à criança e jovem são um problema muito frequente nos nossos dias, e envolvem para além da agressão física, a negligência, agressão psicológica ou abuso sexual. Em Portugal, a partir de 1980 começou-se a dar especial atenção a este tema através de uma abordagem m...

Intervenções de enfermagem na abordagem da criança vítima de maus tratos em contexto hospitalar

Os maus-tratos caracterizam-se por atos intencionais contínuos e que ocasionam dano físico, psicológico ou social à criança, sendo praticados por um agente agressor em condições de superioridade. Embora não se restrinja ao âmbito doméstico, a prática de maus-tratos pelos pais ou responsáveis ...

Perceção dos professores do 1º ciclo face ao mau trato infantil

Introdução: Direitos fundamentais como a integridade física e emocional das crianças são hoje, amplamente reconhecidos pela sociedade. Os professores, pela posição privilegiada relativamente ao contacto direto com as crianças, têm responsabilidades específicas, em matéria de proteção à inf...

Professional quality of life and coping in a reference hospital for victims of sexual violence

ABSTRACT Objective: to verify the relationship between professional quality of life scores and coping strategies in the multidisciplinary health team that assists children and adolescents victims of sexual violence. Method: a cross-sectional study carried out in a public hospital of Porto Alegre, Brazi...

Construcción y validación del instrumento “Conocimien-tos para la detección del abuso sexual en la infancia”

Rev. cienc. cuidad; 18 (1), 2021
Objetivo: Construir y evaluar la validez de un instrumento que mida los conocimientos que tienen los estudiantes de enfermería y medicina sobre la detección del abuso sexual en menores de 18 años Materiales y métodos: Descriptivo, cuantitativo-transversal. Se dise...

Epidemiologia da violência sexual infanto-juvenil no município de São Paulo

Nursing (Säo Paulo); 23 (271), 2020
Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico da violência sexual em crianças e adolescentes residentes do município de São Paulo. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo. Foram utilizados dados secundários, oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação no período de janeiro de ...

Violência contra crianças e adolescentes: atuação da enfermagem

Objetivo: analisar a atuação dos profissionais de Enfermagem da Estratégia Saúde da Família sobre a identificação e notificação dos casos de violência contra crianças e adolescentes. Método: tratase de um estudo quantitativo, descritivo, transversal, realizado nas Unidades Básicas de Saúde....

Características da violência contra crianças no município de Porto Alegre: análise das notificações obrigatórias

RESUMO Objetivo caracterizar a violência notificada contra crianças no município de Porto Alegre. Método estudo retrospectivo, incluindo 5308 casos de violência contra crianças de zero a doze anos registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação no município de Porto Alegre. R...

Violência sexual contra crianças e adolescentes: uma análise da prevalência e fatores associados

Rev. Esc. Enferm. USP; 54 (), 2020
RESUMO Objetivo: Analisar a prevalência e os fatores associados à violência sexual contra crianças e adolescentes, residentes no município de Petrolina/Pernambuco. Método: Estudo do tipo ecológico, realizado com os dados de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, coletados no Sis...