Resultados: 115

A visita domiciliária como fator facilitador na adaptação à parentalidade

Enquadramento: A transição para a parentalidade constitui um desafio importante para os Pais, mas também para os enfermeiros de saúde materna e obstétrica que têm o dever de apoiar nestes processos. A visita domiciliária poderá ser um instrumento de cuidar importante nestes cuidados, pois permite...

A vivência da mulher durante o trabalho de parto no período pandémico covid-19 numa amostra da população portuguesa

Enquadramento: A presente investigação surge de um acontecimento que influenciou a vida/saúde de todos (pandemia provocada pelo vírus SARS-Cov 2), alterando por completo o dia a dia da população e das diversas sociedades a nível mundial. A informação científica existente no contexto de gravidez...

A vivência da mulher no parto domiciliar planejado: uma jornada transpessoal

Resumo: Algumas mulheres brasileiras vêm, ao longo das últimas décadas, buscando locais e modos alternativos ao hospital de parir e nascer, buscando também a assistência de enfermeiras obstetras. O cuidado prestado por estas profissionais deve unir conhecimentos técnico-científicos e saberes que c...

A práxis da enfermeira obstétrica na assistência à mulher no processo partutivo

Esta pesquisa teve como objetivos analisar a práxis das enfermeiras obstétricas no parto normal no contexto da formação profissional na modalidade de residência e discutir se a práxis dessas enfermeiras obstétricas na assistência ao parto normal hospitalar contribui para um movimento de transiç...

A influência da deambulação durante o trabalho de parto na percepção da dor materna

Este relatório assenta na síntese do estágio de natureza profissional, realizado no âmbito do Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, em que se procede a uma descrição e reflexão das atividades desenvolvidas ao longo do percurso académico nas áreas: gravidez com complicações, t...

Desafios de enfermeiras obstétricas na assistência ao parto e nascimento: estudo descritivo e exploratório

OBJETIVO: identificar e analisar os desafios apresentados por enfermeiras obstétricas, quanto à inserção na assistência ao parto e nascimento. MÉTODO: estudo descritivo, exploratório, abordagem qualitativa, com realização de três grupos focais com 16 enfermeiras obstétricas do curso de aprimor...

Violência obstétrica: uma prática vivenciada por mulheres no processo parturitivo

Objetivo: identificar a prática da violência obstétrica vivenciada no processo da parturição. Método: pesquisa de campo, exploratória-descritiva com abordagem quantitativa e realizada nas Unidades de Atenção Primária à Saúde de um município do Sudoeste do Paraná. A seleção dos participant...

A opção da mulher na posição do parto: a decisão partilhada para uma experiência de parto positiva

A elaboração do presente relatório reflete a aquisição e o desenvolvimento de competências durante o estágio de natureza profissional, no que se refere ao cuidar da mulher, casal recém-nascido e família. O suporte ao seu desenvolvimento era o regulamento do 2º Ciclo da Escola Superior de Enferm...

Os modelos de cuidados, em obstetrícia, liderados por enfermeiros em alternativa aos modelos convencionais

Este relatório de estágio de natureza profissional constitui uma exigência do segundo ciclo de estudos, do Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica da Escola Superior de Enfermagem do Porto, para a obtenção do grau de Mestre. Pretende fazer uma descrição e análise crítica das ativi...

Competências do recém-nascido na primeira hora de vida e a sua relação com a amamentação

No âmbito do Curso de Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, foi proposto a elaboração de um relatório de estágio, tendo subjacente o regulamento do 2º ciclo de estudos da Escola Superior de Enfermagem do Porto, que contempla as Competências de Cuidados Especializados definidas pe...